Trabalhos Disponíveis

TRABALHO Ações
Períodos de utilização de ractopamina na fase final de crescimento do pintado amazônico (leiarius marmoratus x pseudoplatystoma reticulatum)
Curso Mestrado em Ciência Animal
Tipo Dissertação
Data 29/03/2019
Área ZOOTECNIA
Orientador(es)
    Orientando(s)
      Banca
      • Cristiane Fatima Meldau de Campos
      • Jayme Aparecido Povh
      • Ruy Alberto Caetano Correa Filho
      Resumo
      Download
        Suplementação com ractopamina na dieta para pintado amazônico na fase final de crescimento
        Curso Mestrado em Ciência Animal
        Tipo Dissertação
        Data 29/03/2019
        Área ZOOTECNIA
        Orientador(es)
        • Ruy Alberto Caetano Correa Filho
        Orientando(s)
        • Thiago Xavier Martins
        Banca
        • Charles Kiefer
        • Milena Wolff Ferreira
        • Ruy Alberto Caetano Correa Filho
        Resumo
        Download
        Estresse térmico e desenvolvimento sexual de machos bovinos Senepol
        Curso Mestrado em Ciência Animal
        Tipo Dissertação
        Data 29/03/2019
        Área ZOOTECNIA
        Orientador(es)
        • Eliane Vianna da Costa e Silva
        Orientando(s)
        • Bruna Ferrari
        Banca
        • Andréa Alves do Egito
        • Eliane Vianna da Costa e Silva
        • Nivaldo Karvatte Junior
        Resumo
        Download
        Representação socioambiental na bacia do rio Anhanduí na cidade de Campo Grande-MS
        Curso Mestrado em Geografia
        Tipo Dissertação
        Data 28/03/2019
        Área GEOGRAFIA
        Orientador(es)
        • Vicentina Socorro da Anunciacao
        Orientando(s)
        • Lusianne de Azamor Torres
        Banca
        • Jaime Ferreira da Silva
        • Joelson Goncalves Pereira
        • Vicentina Socorro da Anunciacao
        Resumo
        Download
          Trabalho de campo e ensino de geografia na educação básica: desafios e possibilidades no espaço do município de Aquidauana - MS
          Curso Mestrado em Geografia
          Tipo Dissertação
          Data 28/03/2019
          Área GEOGRAFIA
          Orientador(es)
          • Eva Teixeira dos Santos
          Orientando(s)
          • Márcia Regina Romero Maciel
          Banca
          • Eva Teixeira dos Santos
          • Rafael Oliveira Fonseca
          • Vicentina Socorro da Anunciacao
          Resumo O trabalho de campo é um instrumento didático que tem sido amplamente utilizado pelos professores de Geografia do Ensino Fundamental e Médio a fim de associar teoria e prática. Teve como objetivo geral analisar a importância do trabalho de campo como metodologia ativa para o ensino de geografia na educação básica da Rede Estadual de Ensino em Aquidauana/MS, bem como para a formação dos acadêmicos do Curso de Licenciatura em Geografia, identificando as possibilidades e desafios para sua aplicação. Para tanto, foram elaborados três questionários com perguntas abertas e fechadas, aplicados posteriormente aos professores que ministram aula de Geografia nas escolas públicas estaduais do município de Aquidauana, aos alunos do Ensino Fundamental e Médio da Escola Estadual Professora Dóris Mendes Trindade e aos acadêmicos do oitavo semestre do curso de Geografia licenciatura da CPAQ/UFMS. Após a aplicação dos questionários, os dados foram tabulados e apresentados sob a forma de tabelas e gráficos. Como resultado, verificou-se que 71% dos professores aplicam ou aplicaram a metodologia de campo no ensino de Geografia e que até mesmo aqueles que não realizam essa prática metodológica a consideram de grande relevância para o ensino aprendizagem. Do total de alunos que responderam o questionário 59% reconhecem que essa pratica pedagógica proporciona um aprendizado mais eficaz e 38% dos acadêmicos disseram que é a construção de conhecimentos contribuindo para a sua formação profissional. A pesquisa apresenta ainda sugestões de lugares a serem explorados e estudados no município de Aquidauana, onde o professor e a escola não necessitem dispor de muitos recursos financeiros para a execução do mesmo, bem como uma sugestão de roteiro de trabalho de campo que pode ser adaptado a outros espaços do Município ou País. No que se refere à importância da metodologia, observou-se que, todos os professores entrevistados reconhecem que o trabalho de campo proporciona ao aluno uma visão diferente do espaço geográfico vivido e estudado na sala de aula utilizando apenas o livro como recurso didático, além de propiciar ao aluno compreender e interagir com os conteúdos de forma diferente, contribuindo para formação crítica sobre o meio em que vive. A metodologia do trabalho de campo contribui para a construção do conhecimento e desenvolvimento do raciocínio lógico dos discentes, pois os espaços fora da sala de aula despertam a mente e a capacidade de aprender, pois se caracterizam como espaços estimulantes, além de ser um momento prazeroso. As principais dificuldades apontadas foram à falta de recursos financeiros disponíveis para suprir algumas despesas básicas como o meio de transporte, por exemplo; os entraves colocados pela gestão escolar e pela Secretaria Estadual de Educação em relação à saída do aluno do espaço físico da escola é outro problema que acaba dificultando a realização desta atividade. No entanto, vencer as dificuldades que surgem diariamente e oferecer soluções e alternativas para a realização das atividades práticas do ensino da Geografia é um desafio a ser superado pelos professores. Assim, espera-se que o resultado dessa pesquisa possa estimular os professores a desenvolverem o trabalho de campo, servindo de referência aos que não praticam, demonstrando a sua eficácia no processo de ensino. Conclui-se que as práticas realizadas pelos professores de Geografia possuem grande relevância na construção de conhecimento, sendo possível alcançar objetivos que permitem o aluno exercer um papel mais eficaz no processo de ensino-aprendizagem, transformando-o de fato em cidadão crítico.
          Download
          LABORATÓRIO MULTIDISCIPLINAR DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL COM AQUAPONIA: PROPOSTA DE UM MODELO PARA O ENSINO SUPERIOR
          Curso Mestrado em Administração Pública em Rede Nacional
          Tipo Dissertação
          Data 28/03/2019
          Área ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
          Orientador(es)
          • Geraldino Carneiro de Araujo
          Orientando(s)
          • Gilberto Haranaka
          Banca
          • Elcio Gustavo Benini
          • Geraldino Carneiro de Araujo
          • Ibsen Mateus Bittencourt Santana Pinto
          • Icleia Albuquerque de Vargas
          • Marco Antonio Costa da Silva
          • Milton Augusto Pasquotto Mariani
          Resumo
          Download
            PROCESSOS IDENTITÁRIOS DE PROFESSORES INDÍGENAS GUARANI, KAIOWÁ E TERENA DO MATO GROSSO DO SUL
            Curso Doutorado em Letras
            Tipo Tese
            Data 28/03/2019
            Área LETRAS
            Orientador(es)
            • Claudete Cameschi de Souza
            Orientando(s)
            • Nair Cristina Carlos de Medeiros
            Banca
            • Andérbio Márcio Silva Martins
            • Celina Aparecida Garcia de Souza Nascimento
            • Claudete Cameschi de Souza
            • Daniella Lopes Dias Ignácio Rodrigues
            • Vania Maria Lescano Guerra
            Resumo
            Download
              O PROGRAMA ESCOLA DE CONSELHOS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL - UFMS: UM ESTUDO DE CASO
              Curso Mestrado em Educação
              Tipo Dissertação
              Data 27/03/2019
              Área EDUCAÇÃO
              Orientador(es)
              • Carina Elisabeth Maciel
              Orientando(s)
              • Antonio Jose Angelo Motti
              Banca
              • Carina Elisabeth Maciel
              • José Leon Crochik
              • Maria Dilneia Espindola Fernandes
              Resumo A presente pesquisa faz parte do projeto de pesquisa Política de Educação Superior no Brasil Pós-LDB/1996: Impactos na Região Centro-Oeste - Chamada FUNDECT/CNPq nº 14/2014 PPP – MS. Este estudo tem como objetivo analisar os resultados produzidos pelo Programa Escola de Conselhos, enquanto ação de Extensão Universitária, descrita na política pública como uma ação indissociável no processo acadêmico, em grau de importância equivalente ao ensino e à pesquisa, tendo papel relevante na permanência dos alunos no processo de graduação. A investigação foi desenvolvida por meio de pesquisa bibliográfica e documental. Se configura como um estudo de caso, uma vez que consiste em um Programa específico e singular, materializado em uma universidade Pública, Federal e em um contexto específico. Os dados foram coletados por meio de documentos, relatórios e editais institucionais e do Programa Escola de Conselhos. O Programa Escola de Conselhos aporta diferentes ações e projetos de extensão desenvolvidos pela universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), no campo dos Direitos Humanos e Sociais, em especial as ações destinadas ao aprimoramento de políticas públicas voltadas às áreas da criança e do adolescente, do trabalho, emprego e renda, do controle social e das minorias étnicas e raciais, objeto desse estudo investigativo.
              Palavras-chaves: Escola de Conselhos; Políticas Públicas; Extensão Universitária.
              Download
              ESTUDO DISCURSIVO SOBRE A (IN)EXCLUSÃO DE MULHERES COM DEPENDÊNCIA QUÍMICA
              Curso Mestrado em Letras
              Tipo Dissertação
              Data 27/03/2019
              Área LETRAS
              Orientador(es)
              • Celina Aparecida Garcia de Souza Nascimento
              Orientando(s)
              • Aline Rodrigues da Silva
              Banca
              • Celina Aparecida Garcia de Souza Nascimento
              • Claudete Moreno Ghiraldelo
              • Fabricio Tetsuya Parreira Ono
              Resumo
              Download
                The role of environmental temperature on daily movement decisions of a physiologically imperfect homeotherm
                Curso Mestrado em Ecologia e Conservação
                Tipo Dissertação
                Data 27/03/2019
                Área ECOLOGIA
                Orientador(es)
                • Luiz Gustavo Rodrigues Oliveira Santos
                Orientando(s)
                • Aline da Silva Giroux
                Banca
                • Jorge Fernando Saraiva de Menezes
                • Nilton Carlos Caceres
                • Nina Attias
                • Yamil Edgardo Di Blanco
                Resumo 1. A termorregulação comportamental pode ter importante influência sobre o
                movimento animal. Homeotérmicos imperfeitos mostram respostas comportamentais
                conspícuas a variações termais, sendo assim modelos valiosos para compreendermos
                como a fisiologia pode influenciar decisões de movimento.
                2. Nesse estudo, nós investigamos o efeito da temperatura ambiental sobre três
                variáveis descritoras do movimento de um homeotérmico imperfeito (tamanduá
                bandeira): uso de hábitat, distância percorrida e área usada.
                3. Nós monitoramos 52 tamanduás bandeira em sete áreas de savana, registrando a
                localização dos animais e a temperatura atmosférica local ao longo do período de
                monitoramento. Nós estimamos a intensidade de uso de hábitats florestais, a distância
                percorrida, a área usada e a temperatura atmosférica média para cada dia de
                monitoramento de cada indivíduo. Nós modelamos esses dados usando Equações
                Estruturais Mistas – considerando as possíveis interações entre nossas variáveis e
                controlando por tamanho amostral, massa e sexo – para fornecer uma perspectiva
                integrada do papel da temperatura ambiental nas decisões de movimento dos tamanduás
                bandeira.
                4. Em dias com temperaturas médias e altas, animais grandes, majoritariamente
                machos, percorreram distâncias maiores e usaram áreas maiores que os pequenos. Em
                dias quentes, os tamanduás bandeira percorreram as mais longas distâncias, usando
                áreas abertas médias e grandes. Durante dias com temperaturas médias, eles mostraram
                uso intermediário de florestas e percorreram distâncias intermediárias, usando as
                maiores áreas. Em dias frios, eles usaram principalmente florestas e reduziram distância
                percorrida e área usada.
                10

                5. Dias com temperaturas médias e altas pareceram ser mais propícios ao
                movimento. Animais grandes percorreram distâncias maiores e usaram maiores áreas
                que os pequenos em temperaturas favoráveis provavelmente por que eles requerem mais
                recurso alimentar. Dias frios foram os mais desfavoráveis ao movimento de tamanduás
                bandeira provavelmente devido à baixa temperatura corpórea e à baixa taxa metabólica
                desses animais. Então, abrigar-se em florestas e reduzir atividade locomotora parecem
                ser importantes estratégias para reduzir a perda de calor corpóreo.
                6. Diante das previsões de mudanças climáticas, com aumento da frequência e
                intensidade de eventos climáticos extremos, nós mostramos a necessidade de preservar
                fragmentos florestais para oferecer condições adequadas para tamanduás-bandeira
                termorregularem comportamentalmente. Além disso, nós enfatizamos o papel de
                abordagens integrativas para entender interações complexas entre os organismos e o
                ambiente.
                Palavras-chave: termorregulação comportamental, biomonitoramento, tamanduá
                bandeira, GPS, Equações Estruturais Mistas, ecologia do movimento, Xenarthra.
                Download
                  Mapas mentais e ensino de geografia: experiência na escola municipal indígena pólo Marcolino Lili, aldeia Lagoinha, Aquidauana – MS
                  Curso Mestrado em Geografia
                  Tipo Dissertação
                  Data 26/03/2019
                  Área GEOGRAFIA
                  Orientador(es)
                  • Eva Teixeira dos Santos
                  Orientando(s)
                  • Geni Martins Mesquita
                  Banca
                  • Eva Teixeira dos Santos
                  • Ricardo Lopes Batista
                  • Valter Guimaraes
                  Resumo Muitas atividades desenvolvidas nas escolas indígenas nem sempre vêm a público, como uma forma de partilhar seus trabalhos, anseios e conquistas, demonstrando melhoria na qualidade de estudos do alunado em geral. O espaço geográfico muda constantemente, através dos ideais de transformações de cada ser humano, em determinados períodos do tempo. Busca se sempre melhorias para o bem social, sendo que muitas vezes sem pensar no espacial, se ele vai realmente suportar as mudanças ocorridas. O trabalho de pesquisa voltado a área indígena com uma clientela de 6º ano nos permite um maior interesse em saber como esses alunos passam da fase (1º ao 5º Ano), para o ensino fundamental, entendendo que neste intervir há muitas mudanças plausíveis, principalmente em relação às disciplinas estudadas. Neste contexto se faz presente a disciplina de Geografia como um instrumento de conhecimento do mundo em que vivemos. E é através dos estudos feitos a partir dessa disciplina que desenvolvemos o nosso trabalho de pesquisa, utilizando mapas mentais correlacionados aos conteúdos contidos no referencial curricular para os alunos egressos do 6º Ano de uma escola indígena. Tudo isso com a contribuição que esses nossos alunos tem de conhecimento vivido e percebido em suas terras indígenas. É perceptível que quando há interesse e participação da comunidade envolvida o tema em questão que parecia um monte de palavras sem sentido, um texto de geografia, por exemplo, passa a ter vida dependendo da forma metodológica que se procura aplicar para compreender o texto em si, de forma mais ampla e prazerosa. O trabalho em qualquer instância ou lugar desse nosso Brasil só se fará presente com atitudes não tão inovadoras, mas acrescidos de tempo, dedicação e carinho com as nossas crianças, para que sejam capazes de transformar o mundo em que vivemos, fazendo a diferença através da educação escolar. Os mapas mentais confeccionados pelos alunos foram de extrema importância para os mesmos, no entendimento da matéria estudada e na própria confecção, interagindo uns com os outros, e na oralidade, com a apresentação dos trabalhos.
                  Download
                    Análise socioambiental do entorno do córrego Urumbeva: características do uso e ocupação espacial da terra indígena Terena, Nioaque/MS
                    Curso Mestrado em Geografia
                    Tipo Dissertação
                    Data 26/03/2019
                    Área GEOGRAFIA
                    Orientador(es)
                    • Valter Guimaraes
                    Orientando(s)
                    • Thatielle Souza de Lima
                    Banca
                    • Eva Faustino da Fonseca de Moura Barbosa
                    • Lucy Ribeiro Ayach
                    • Valter Guimaraes
                    Resumo Neste trabalho busca-se desenvolver estudos de natureza socioambiental na bacia hidrográfica do Córrego Urumbeva com terras localizadas nos municípios de Nioaque e Maracaju com ênfase para seu entorno, destacando-se os espaços da Terra Indígena Terena. Em principio destacam-se problemas ambientais no interior da bacia hidrográfica no espaço indígena bem como o problema do entorno no espaço da terra não indígena, com diferentes formas de uso e ocupação em ambas as encostas. O desenvolvimento do trabalho para atingir os objetivos propostos foi com base no contexto socioambiental bem como uso e ocupação do entorno da bacia do córrego Urumbeva, inicialmente montou-se um banco de dados bibliográfico e documental, a partir de levantamento bibliográfico e visitas a campo. Foi feito levantamentos de dados para caracterização das quatro Aldeias que constitui a Terra Indígena Nioaque: Cabeceira, Água Branca, Taboquinha e Brejão incluindo os dados populacionais, de organização e condições socioeconômicas das mesmas. Como parte da pesquisa à campo foram realizadas observações in loco, com registros fotográficos da dinâmica fluvial/ocupacional na bacia do córrego Urumbeva, foram feitas análise de características físicas da área como relevo, geologia, geomorfologia, solo, vegetação etc. através de cartas topográficas, hidrográficas, imagens de satélite entre outros. Também se realizou o reconhecimento a campo que foi subdividido em duas etapas e por fim elaborou-se os mapas de hidrografia, localização e uso e ocupação. Os resultados obtidos permitem enfatizar a importância e o significado dos estudos de natureza socioambiental na Bacia do Córrego Urumbeva enfatizando o ambiente da Terra Indígena Nioaque. O entorno do canal do Córrego Urumbeva, em toda a área de sua bacia hidrográfica é marcado por diferentes tipos de usos e ocupação da terra, desde coberturas vegetais naturais, até usos que colocam em alerta a constância desta proteção.
                    Download
                    Mapeamentos na análise da bacia hidrográfica do córrego das Antas em Aquidauana/MS: lógicas de uso e ocupação sob a ótica do entendimento em geografia
                    Curso Mestrado em Geografia
                    Tipo Dissertação
                    Data 25/03/2019
                    Área GEOGRAFIA
                    Orientador(es)
                    • Valter Guimaraes
                    Orientando(s)
                    • Josimary Lescano Maldonado
                    Banca
                    • Jaime Ferreira da Silva
                    • Valter Guimaraes
                    • Vicente Rocha Silva
                    Resumo Ocupando faixas da face Norte do Planalto de Maracaju-Campo Grande em terrenos sedimentares e solos derivados da Formação Aquidauana, seu espaço rural localizado no município de Aquidauana, vem sendo alvo de atividades de lazer que colocam em risco a dinâmica evolutiva do ambiente. Ainda, nesta região as cabeceiras de drenagem com usos ativos de produção agropecuária têm contribuído no transporte de sedimentos movimentados. Considerando o gradiente e a curta extensão das encostas, o objetivo foi o de utilizar condicionantes da topografia representados pelas curvas de nível e faixas de declividade, nos estudos de correlação com as formas de usos presentes, oferecendo subsídios nas ações conservacionistas. A pesquisa desenvolve-se em três etapas: partiu-se da revisão da literatura ambiental física e a que trata das questões de uso e ocupação da terra; aquelas do uso de turismo e lazer nos recursos hídricos; organização e elaboração de mapas diversos gerados a partir de fontes atualizadas, entre outros. Em sequência desenvolveu-se a coleta de dados através das pesquisas a campo percorrendo espaços na região da bacia hidrográfica do córrego das Antas, registrando os diferentes tipos de uso, com ênfase nas áreas mais utilizadas com atividades de turismo/lazer. Os primeiros resultados indicam situações de risco natural inerentes à energia do relevo que serão intensificados nas futuras ações dos usos e ocupações, acelerando na alteração da morfologia da base das encostas, principalmente. O trabalho deve converter numa vertente de contribuição para que usuários conheçam as características físicas que a região apresenta e as suas limitações, abrindo espaço para um pensar e agir mais conservacionista, na perspectiva de encontrar medidas efetivas para uma harmonização entre o homem e o meio ambiente.
                    Download
                      Atividade da E-NTPDase e E-5’-NT em células da cavidade peritoneal de camundongos imunizados com o antígeno FML e infectados com Leishmania amazonensis
                      Curso Mestrado em Ciências Farmacêuticas
                      Tipo Dissertação
                      Data 22/03/2019
                      Área FARMÁCIA
                      Orientador(es)
                      • Jeandre Augusto dos Santos Jaques
                      Orientando(s)
                      • LUCAS DERBOCIO DOS SANTOS
                      Banca
                      • Alda Maria Teixeira Ferreira
                      • Jeandre Augusto dos Santos Jaques
                      • Malson Neilson de Lucena
                      • Thalita Bachelli Riul
                      Resumo
                      Download
                        Avaliação da atividade anticolinesterásica de arilidrazonacarboidrazidamidas para-substituídas
                        Curso Mestrado em Ciências Farmacêuticas
                        Tipo Dissertação
                        Data 22/03/2019
                        Área FARMÁCIA
                        Orientador(es)
                        • Jeandre Augusto dos Santos Jaques
                        Orientando(s)
                        • Bruna de Barros Penteado
                        Banca
                        • Fernanda Rodrigues Garcez
                        • Jeandre Augusto dos Santos Jaques
                        • Monica Cristina Toffoli Kadri
                        • Roberto Ruller
                        Resumo
                        Download
                          COMUNIDADES TERAPÊUTICAS E POLÍTICAS PÚBLICAS: UM ESTUDO DE CASO EM CAMPO GRANDE - MS
                          Curso Mestrado em Administração Pública em Rede Nacional
                          Tipo Dissertação
                          Data 22/03/2019
                          Área ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
                          Orientador(es)
                          • Luciani Coimbra de Carvalho
                          Orientando(s)
                          • HUDSON MARCOS ALVES DIAS
                          Banca
                          • Alberto de Barros Aguirre
                          • Ana Paula Correia de Araujo
                          • Elcio Gustavo Benini
                          • Fernando Lopes Nogueira
                          • Gleimíria Batista da Costa
                          • Luciani Coimbra de Carvalho
                          Resumo
                          Download
                            Secagem e armazenamento da bocaiuva: alteração físico-química dos frutos e estabilidade oxidativa do óleo
                            Curso Mestrado em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste
                            Tipo Dissertação
                            Data 22/03/2019
                            Área SAÚDE E BIOLÓGICAS
                            Orientador(es)
                            • Juliana Rodrigues Donadon
                            Orientando(s)
                            • Vanessa Mandú da Silva
                            Banca
                            • Juliana Rodrigues Donadon
                            • Priscila Aiko Hiane
                            • Raquel Pires Campos
                            • Ruy de Araujo Caldas
                            Resumo Este trabalho teve por objetivos avaliar a estabilidade química e oxidativa de frutos de bocaiuva desidratados em diferentes condições de ar e armazenados por até 120 dias. Os frutos de bocaiuva “Acrocomia sp” foram coletados, sanitizados, desidratados nas temperaturas de 40, 50, 60 e 70 °C e armazenados em sacos de ráfia na temperatura ambiente. A secagem em temperaturas mais elevadas resultou em polpas com coloração mais escura e alaranjada, mas com menor acidez em álcool solúvel e índice de acidez do óleo da polpa. O índice de acidez do óleo da polpa aumentou durante o armazenamento, que reduziu os teores de ácido ascórbico e carotenoides das polpas desidratadas. A secagem e o armazenamento não afetaram significativamente a qualidade do óleo da amêndoa de bocaiuva. Polpas mais claras resultaram de bocaiuvas desidratadas em temperaturas mais baixas. Os valores do índice de peróxido da polpa das bocaiuvas desidratadas a 40°C se enquadraram na legislação, tendo como parâmetro o azeite de oliva virgem. As bocaiuvas podem ser desidratadas a 70 °C e armazenadas por até 30 dias sem comprometer a qualidade do óleo da polpa e a 40, 50, 60 ou 70 °C por até 120 dias, sem comprometer a qualidade do óleo da amêndoa.
                            Download
                            Técnicas de otimização multiobjetivo e otimização estocástica para o roteamento de fluxos em redes
                            Curso Doutorado em Ciência da Computação
                            Tipo Tese
                            Data 22/03/2019
                            Área CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO
                            Orientador(es)
                            • Leizer de Lima Pinto
                            Orientando(s)
                            • Kátia Cilene Costa Fernandes
                            Banca
                            • Antonio Jorge Gomes Abelem
                            • Elivelton Ferreira Bueno
                            • Flávio Henrique Teles Vieira
                            • Kleber Vieira Cardoso
                            • Leizer de Lima Pinto
                            • Yuri Abitbol de Menezes Frota
                            Resumo Neste trabalho estamos interessados em problemas de otimização ligados ao roteamento
                            de fluxos em redes. Três modelos e um algoritmo exato e polinomial são apresentados.
                            O primeiro modelo é um problema de programação inteira biobjetivo em que as funções
                            objetivo referem-se ao balanceamento de carga da rede e ao comprimento dos caminhos
                            por onde os fluxos são roteados. Um algoritmo exato e polinomial baseado na técnica
                            "-constraint é apresentado. O segundo modelo difere do primeiro no que tange aos
                            pesos dos fluxos e às qualidades das arestas. Nele esses parâmetros podem assumir
                            valores distintos. O último modelo trata-se de um problema estocástico mono-objetivo
                            de roteamento de fluxos. Ele visa minimizar o gargalo da rede, respeitando um certo
                            limite no comprimento dos caminhos por onde os fluxos são roteados. Além disso,
                            as qualidades dos enlaces são variáveis aleatórias, que podem ser aproximadas por
                            um conjunto discreto e finito de cenários. Implementações foram desenvolvidas em
                            linguagem C++ utilizando o solver CPLEX para a resolução das instâncias. Topologias
                            em grade e topologias aleatórias baseadas no modelo Barabási-Albert foram utilizadas
                            em nossos experimentos computacionais. As configurações dos fluxos de rede definidos
                            aqui são aquelas comumente usadas em redes de sensores sem fio e redes de malha sem
                            fio. A análise dos resultados computacionais fornece ao tomador de decisão informações
                            valiosas sobre quais fatores mais afetam as soluções.
                            Download
                            “O REALISMO PRISMÁTICO DA OBRA DE LUIZ RUFFATO”
                            Curso Doutorado em Letras
                            Tipo Tese
                            Data 21/03/2019
                            Área LETRAS
                            Orientador(es)
                            • Maria Adelia Menegazzo
                            Orientando(s)
                            • Carolina Barbosa Lima e Santos
                            Banca
                            • Daniel Abrão
                            • Maria Adelia Menegazzo
                            • Ricardo Magalhaes Bulhoes
                            • Rosana Cristina Zanelatto Santos
                            • Volmir Cardoso Pereira
                            Resumo
                            Download
                              Composição da dieta, amplitude de nicho e posição trófca de Astyanax lineatus (Perugia, 1891) em riachos de cabeceira do Pantanal
                              Curso Mestrado em Ecologia e Conservação
                              Tipo Dissertação
                              Data 21/03/2019
                              Área ECOLOGIA
                              Orientador(es)
                              • Yzel Rondon Súarez
                              Orientando(s)
                              • Adriana Maria Espinoza Fernando
                              Banca
                              • Elaine Antoniassi Luiz Kashiwaqui
                              • Fernando Rogerio de Carvalho
                              • Karina Keyla Tondato
                              • Rafael Dettogni Guariento
                              • Sidnei Eduardo Lima Junior
                              Resumo A seleção de recursos pelos organismos é afetada principalmente por fatores como a morfologia dos
                              indivíduos, que variam com a ontogenia, e diversidade e abundância dos recursos, que variam com
                              as condições ambientais. Neste sentido, o objetivo desse trabalho foi avaliar o efeito da ontogenia e
                              das características dos riachos na composição da dieta de Astyanax lineatus em riachos de cabeceira
                              no Planalto do Pantanal. Hipotetizamos que, quando os recursos são abundantes, esses dois fatores
                              afetam a composição da dieta, diminuindo a amplitude do nicho trófico, passando a ocupar uma
                              posição trófica mais alta. Para isso, analisamos 107 espécimes de A. lineatus, utilizamos a
                              composição da dieta, a proporção de itens alóctones, a amplitude do nicho trófico e a posição trófica
                              como variáveis respostas em Modelos Aditivos Generalizados e as características dos riachos e o
                              comprimento padrão de cada indivíduo, como variáveis explanatórias. A composição da dieta
                              evidenciou que A. lineatus é uma espécie onívora. Observamos uma mudança na composição da
                              dieta, influenciada principalmente pela ontogenia dos indivíduos e cobertura vegetal dos riachos. A
                              maior cobertura vegetal disponibiliza os vegetais terrestres, principal item na dieta dos indivíduos
                              maiores, pois estes possuem uma morfologia que os possibilita se especializar no consumo de itens
                              maiores e com maior dureza. Portanto, a posição trófica diminuiu com o tamanho do corpo dos
                              indivíduos, uma vez que itens maiores não necessariamente ocupam posições tróficas mais altas.
                              Download
                                Página 4 de 433 (20 de 8.642 registros).