Mestrado em Eficiência Energética e Sustentabilidade

Atenção! O edital referente ao processo seletivo e arquivos pertinentes ao curso estão disponíveis no site do curso.
Os resultados dos processos seletivos serão divulgados no site do curso.

Trabalhos

Trabalhos Disponíveis

TRABALHO Ações
PARAMETRIZAÇÃO DAS PROPRIEDADES HIGROTÉRMICAS DA TAIPA DE PILÃO PARA USO NA SIMULAÇÃO TERMOENERGÉTICA
Curso Mestrado em Eficiência Energética e Sustentabilidade
Tipo Trabalho de Conclusão de Curso
Data 14/05/2024
Área ENGENHARIA CIVIL
Orientador(es)
  • Ana Paula da Silva Milani
Coorientador(es)
    Orientando(s)
    • Mayara Tartarotti Cardozo da Silva
    Banca
    • Ana Paula da Silva Milani
    • Andrea Naguissa Yuba
    • Arthur Santos Silva
    • Lucas Rosse Caldas
    • Marcio Jose Sorgato
    Resumo
    AVALIAÇÃO DO COMPORTAMENTO HIGROTÉRMICO DE UM RESFRIADOR EVAPORATIVO EM ADOBE
    Curso Mestrado em Eficiência Energética e Sustentabilidade
    Tipo Trabalho de Conclusão de Curso
    Data 12/04/2024
    Área ENGENHARIA CIVIL
    Orientador(es)
    • Andrea Naguissa Yuba
    Coorientador(es)
      Orientando(s)
      • CAMILA CATHERINE DE MORAIS CASSUNDE
      Banca
      • Ana Paula da Silva Milani
      • Andrea Naguissa Yuba
      • Joao Onofre Pereira Pinto
      • Jose Alberto Ventura Couto
      • Julio Alberto Peres Ferencz Junior
      Resumo
      ANÁLISE DE VIABILIDADE TÉCNICA E ECONÔMICA ENTRE VEÍCULOS A COMBUSTÃO INTERNA E VEÍCULOS ELÉTRICOS
      Curso Mestrado em Eficiência Energética e Sustentabilidade
      Tipo Trabalho de Conclusão de Curso
      Data 27/02/2024
      Área ENGENHARIA CIVIL
      Orientador(es)
      • Ramon Eduardo Pereira Silva
      Coorientador(es)
        Orientando(s)
        • Fabrício Cristiano Pangoni
        Banca
        • Andrea Teresa Riccio Barbosa
        • AUREO CEZAR DE LIMA
        • Frederico Silva Moreira
        • Orlando Moreira Junior
        • Ramon Eduardo Pereira Silva
        Resumo Os veículos elétricos têm sido apontados como uma das maneiras de reduzir o impacto ambiental e o aquecimento global. Porém, a troca de tecnologias passa também pelo critério econômico do consumidor. Assim, o objetivo desse trabalho é contribuir com informações técnicas sobre economia para os consumidores e sobre sustentabilidade pela substituição de veículos a combustão interna por veículos elétricos, alimentados por geração renovável fotovoltaica. Para isso, foi utilizada a análise técnica e econômica comparando a utilização de veículos a combustão interna e veículos elétricos em quatro casos, segundo suas categorias: Caso 1 os subcompactos Fiat Mobi Like e Jac e-JS1; Caso 2 os compactos Hyundai HB20 Sense e Peugeot E-208 GT; Caso 3 os médios Nissan Versa Sense e BYD Dolphin GS 180EV; o Caso 4 para os grandes Nissan Leaf Tekna e Toyota Corolla Cross XR 20. Desta forma, três cenários foram simulados, em que a distância diária percorrida foi de 10%, 50% e 100% da autonomia do veículo elétrico. Ainda se considerou a utilização dos combustíveis gasolina (Hipótese 1) e etanol (Hipótese 2) para os veículos a combustão; para o veículo elétrico considerou-se a utilização da energia elétrica proveniente da concessionária (Hipótese 3); e com a instalação de um Sistema Fotovoltaico Veicular Conectado à Rede (SFVCR) (Hipótese 4) para uma residência na cidade de Campo Grande - MS para um período de 96 meses, iniciando-se em agosto de 2023. Para a viabilidade técnica, foi feito o dimensionamento do SFVCR, a análise das instalações elétricas da residência para a instalação da estação de recarga, com análise de demanda, proteções, quadro elétrico e dimensionamento do circuito que energizará a estação. Foram calculados os custos com o SFVCR, estação de recarga, veículos e para a residência. Por fim, foi realizado o estudo da viabilidade econômica utilizando o Valor Presente Líquido (VPL) para todos os casos e determinado a quilometragem em que o veículo elétrico é mais viável que o de combustão interna. A análise concluiu a seguinte ordem de melhores investimentos: para o Cenário 1 (10%) dos Casos 1 (subcompacto), 2 (compacto), 3 (médio) e 4 (grande): Hipótese 2 (etanol), Hipótese 1 (gasolina), Hipótese 4 (fotovoltaica) e Hipótese 3 (concessionária); para o Cenário 2 (50%) dos Casos 1, 2 e 4: Hipótese 2, Hipótese 1, Hipótese 4 e Hipótese 3. Para o Caso 3 (médios) a seguinte ordem: Hipótese 4, Hipótese 3, Hipótese 2 e Hipótese 1. Para o Cenário 3 (100%) dos Casos 1 e 4: Hipótese 4, Hipótese 2, Hipótese 1 e Hipótese 3. Para o Caso 2: Hipótese 2, Hipótese 1, Hipótese 4 e Hipótese 3. Para o Caso 3: Hipótese 4, Hipótese 3, Hipótese 2 e Hipótese 1. Assim, esse trabalho demonstrou que, em cada categoria pesquisada, a viabilidade dos veículos elétricos está condicionada à distância diária percorrida para que o seu custo operacional compense o maior custo com a aquisição do veículo se comparado ao veículo a combustão interna.
        Plataforma ENCICLO: um Journal Club de Economia Circular
        Curso Mestrado em Eficiência Energética e Sustentabilidade
        Tipo Trabalho de Conclusão de Curso
        Data 23/02/2024
        Área ENGENHARIA CIVIL
        Orientador(es)
        • Ana Paula da Silva Milani
        Coorientador(es)
          Orientando(s)
          • Gabriel dos Santos Correia
          Banca
          • Adriane Angelica Farias Santos Lopes de Queiroz
          • Andrea Teresa Riccio Barbosa
          • Fabricia Gladys Fernandes da Silva Rossato
          • Luis Henrique Pereira
          • Simone Sehnem
          Resumo
          APROVEITAMENTO DE ÁGUA DA CHUVA PARA IRRIGAÇÃO DO GRAMADO DO ESTÁDIO PEDRO PEDROSSIAN (MORENÃO) EM CAMPO GRANDE – MATO GROSSO DO SUL
          Curso Mestrado em Eficiência Energética e Sustentabilidade
          Tipo Trabalho de Conclusão de Curso
          Data 29/11/2023
          Área ENGENHARIA CIVIL
          Orientador(es)
          • Frederico Silva Moreira
          Coorientador(es)
            Orientando(s)
            • Celso Fumio Watabe
            Banca
            • Andrea Naguissa Yuba
            • Andrea Teresa Riccio Barbosa
            • Fabio Verissimo Goncalves
            • Frederico Silva Moreira
            • Jair de Jesus Fiorentino
            Resumo A água é um recurso fundamental, essencial e insubstituível para a existência da vida, sendo considerada um dos ativos naturais mais preciosos. Contudo, a água potável ou água doce, que ocorre naturalmente no meio ambiente, está enfrentando escassez devido a diversos fatores, incluindo a degradação ambiental, o crescimento populacional, a utilização inadequada da água e o aumento na demanda nas atividades econômicas, abrangendo setores como comércio, indústria, agricultura e pecuária, entre outros. O presente trabalho tem como objetivo identificar e aplicar as melhores práticas para irrigação e armazenamento de água, que podem ser aplicadas em estádios de futebol. Foi desenvolvido um estudo sobre a viabilidade de captação, reserva e utilização de água de chuva, para irrigação automatizada do gramado do campo do Estádio Pedro Pedrossian (Morenão), localizado no campus da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Este estudo envolveu levantamentos in loco e em plantas das instalações, bem como uma análise das oportunidades de captação e armazenamento de águas pluviais para posterior aproveitamento na irrigação do gramado. Para o dimensionamento dos reservatórios foram aplicados os Métodos de Rippl e de Simulação. É apresentado também neste trabalho um projeto para implantação, com planilhas e detalhes técnicos para o sistema de aproveitamento de água da chuva e irrigação automatizada do campo de futebol. A análise econômica foi baseada em dois cenários: com aproveitamento de água da chuva e irrigação automatizada, incluindo todos os custos de implantação, tendo como projeção um retorno do investimento em 10,7 anos; e um segundo cenário sem aproveitamento de água da chuva, apenas com a implantação do sistema de irrigação automatizado, utilizando a infraestrutura existente, apresentando um retorno do investimento em 2,6 anos.
            Download
            PLANO DE RETROFIT DE ENVOLTÓRIA DE EDIFICAÇÃO CORPORATIVA COM ANÁLISE DE CUSTO-BENEFÍCIO EM EFICIÊNCIA ENERGÉTICA
            Curso Mestrado em Eficiência Energética e Sustentabilidade
            Tipo Trabalho de Conclusão de Curso
            Data 06/09/2023
            Área ENGENHARIA CIVIL
            Orientador(es)
            • Arthur Santos Silva
            Coorientador(es)
              Orientando(s)
              • ERICK FRAIHA MACHADO
              Banca
              • Ana Paula da Silva Milani
              • Andres Batista Cheung
              • Arthur Santos Silva
              • Gilfranco Medeiros Alves
              • Helena Rodi Neumann
              • Valeria Ramos Baltazar Quevedo
              Resumo Mediante o esforço internacional para reduzir impactos ambientais, as emissões de CO2 e o consumo de energia, este trabalho foca no uso de elementos construtivos com melhor desempenho energético de maneira a contribuir para a melhoria da eficiência energética e sustentabilidade no ambiente construído. O objetivo deste trabalho é apresentar um plano de retrofit de envoltória com análise de payback e desempenho energético de três propostas de intervenção (MBI, MMI e MAI) em uma edificação pública corporativa da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, localizado em clima tropical de savana. Por meio da simulação computacional paramétrica foi analisado o desempenho energético, o desempenho térmico e lumínico das propostas de intervenção definidas a partir do custo inicial de investimento. A modelagem foi feita no Rhinoceros®. As configurações das simulações foram realizadas na plataforma Grasshopper® com plug-ins Honeybee e Ladybug®. Estas foram executadas por meio do Honeybee, Ladybug®, EnergyPlusTM, OpenStudio® e Radiance. Os resultados demonstraram melhores condições de conforto em uso de ventilação natural no MMI com 20,6% o tempo de ocupação com sensação térmica de conforto. Melhor desempenho lumínico foi verificado no MAI considerando a autonomia de luz natural de 42,9% do tempo de ocupação e 54,4% do tempo com aproveitamento de iluminancia útil entre 300 Lux e 1000 Lux. A análise de custo-benefício por cálculo de payback, não apresentou resultado satisfatório para nenhuma proposta de retrofit, mas o MAI se manifestou sendo a mais viável ao considerar redução de 62,57% no consumo energético para resfriamento.
              Download
              UM MODELO DE OTIMIZAÇÃO INTEIRA MISTA PARA UM PROBLEMA INTEGRADO DE PLANEJAMENTO DA PRODUÇÃO E DA DISTRIBUIÇÃO
              Curso Mestrado em Eficiência Energética e Sustentabilidade
              Tipo Trabalho de Conclusão de Curso
              Data 06/09/2023
              Área ENGENHARIA CIVIL
              Orientador(es)
              • Willy Alves de Oliveira Soler
              Coorientador(es)
                Orientando(s)
                • SASHA KARINA DUARTE DE ALENCAR BEZERRA HOHLENWERGER BARROS
                Banca
                • Ana Paula da Silva Milani
                • Erlandson Ferreira Saraiva
                • Ricardo Ribeiro dos Santos
                • Rubia Mara de Oliveira Santos
                • Willy Alves de Oliveira Soler
                Resumo Esta pesquisa aborda um problema integrado de planejamento da produção e da distribuição observado em indústrias alimentícias, fundições, moveleiras, ente outras. Considera-se um ambiente industrial com as seguintes características: tempos e custos de preparação para linha de produção; relevantes custos para manutenção de produtos em estoque; uma única linha de produção; distribuição dos itens produzidos realizada por uma frota homogênea de veículos, ordens indivisíveis, flexibilidade no atendimento das demandas e janela de tempo de entrega. O problema consiste em determinar quais ordens de clientes devem ser aceitas para produção e qual período de suas respectivas janelas de tempo as ordens serão atendidas, bem como o quanto se produzir de cada produto em cada período e as rotas de entrega dos veículos utilizados para distribuição. Este trabalho apresenta o modelo matemático de otimização inteira mista desenvolvido para representar o problema. E analisa os resultados computacionais alcançados através do estudo computacional realizado com instâncias, baseadas em cenários reais, para avaliar o desempenho do algoritmo branch-and-bound em resolver o modelo após sua implementação no software de alto desempenho IBM ILOG Cplex.
                Download
                AVALIAÇÃO DO COMPORTAMENTO FÍSICO-MECÂNICO DO SOLO-CIMENTO AUTOADENSÁVEL ADICIONADO DE MICROFIBRAS SINTÉTICAS
                Curso Mestrado em Eficiência Energética e Sustentabilidade
                Tipo Trabalho de Conclusão de Curso
                Data 06/09/2023
                Área ENGENHARIA CIVIL
                Orientador(es)
                • Ana Paula da Silva Milani
                Coorientador(es)
                  Orientando(s)
                  • ROBSON RARUO NAGATA
                  Banca
                  • Alexandre Meira de Vasconcelos
                  • Ana Paula da Silva Milani
                  • Andrea Naguissa Yuba
                  • Andres Batista Cheung
                  • Daniel Anijar de Matos
                  Resumo A viabilidade de uso do material solo-cimento depende do melhoramento das suas características físicas e mecânicas sob aspectos de durabilidade, controle de fissuração e do gasto energético na produtividade do sistema construtivo. Diante disto, este estudo analisou a influência da adição de microfibras de polipropileno frente a alteração do comportamento frágil do compósito, bem como a fluidez do solo-cimento pela adição de aditivo superplastificante para alcance do produto final solo-cimento autoadensável com fibras (SCAAF). Para tal, foi realizada a caracterização granulométrica do solo, a definição do intervalo de fluidificação para a obtenção do estado de autoadensabilidade através do ensaio de Slump flow adaptado, e a análise do comportamento do SCAAF por meio dos ensaios mecânicos de compressão simples, de tração por compressão diametral e de flexão por 4 pontos; e dos ensaios físicos de absorção de água e retração linear por secagem. O solo-cimento autoadensável com adição de fibras apresentou melhor desempenho físico e mecânico para as dosagens com teores de adição de cimento de 1:5 em massa de solo e aditivo superplastificantes de 1,2% em massa de cimento na consistência de espalhamento de 320 mm. A adição de fibras influenciou diretamente na massa específica aparente seca e na porosidade do material, consequentemente afetando negativamente à resistência a compressão simples e à tração, sendo relevante somente no estado pós-fissuração aumentando a tenacidade do SCAAF e reduzindo a fragilidade do material. O SCAAF apresentou capacidade de lançamento e conformação adequados para utilização em paredes monolíticas sem a necessidade de adensamento mecânico, apresentando resistência à compressão simples superior à 1,3 MPa aos 7 dias, podendo ser uma viável alternativa aos métodos construtivos compactados e um material com potencial de emprego em estruturas onde seja necessário a redução do comportamento frágil do solo-cimento.
                  Download
                  ESTUDO SOBRE A VIABILIDADE DE PRODUÇÃO DO ETANOL DE PRIMEIRA GERAÇÃO E ETANOL DE SEGUNDA GERAÇÃO
                  Curso Mestrado em Eficiência Energética e Sustentabilidade
                  Tipo Trabalho de Conclusão de Curso
                  Data 06/09/2023
                  Área ENGENHARIA CIVIL
                  Orientador(es)
                  • Frederico Silva Moreira
                  Coorientador(es)
                    Orientando(s)
                    • KELLY CRISTINA COSTA CAMARGO
                    Banca
                    • Andrea Teresa Riccio Barbosa
                    • Fabiano Pagliosa Branco
                    • Frederico Silva Moreira
                    • Jair de Jesus Fiorentino
                    • Sandro Petry Laureano Leme
                    Resumo O etanol de primeira geração (álcool ou álcool etílico) é uma fonte energética de matéria-
                    prima renovável muito utilizada pela população mundial como combustível e em outros tipos

                    de produto. Além da produção do etanol a partir dos processos já conhecidos, existe a
                    possibilidade de se produzir etanol de segunda geração a partir de resíduos e componentes
                    que não são utilizados no processo de produção do etanol de primeira geração. O Brasil é o
                    segundo maior produtor mundial de álcool etílico e o maior produtor de cana-de-açúcar. O
                    álcool etílico é produzido a partir da cana-de-açúcar, enquanto o bioetanol utiliza a biomassa
                    disponível, como o bagaço da cana-de-açúcar, mostrando um grande potencial para o país na
                    fabricação do bioetanol. O processo de fabricação do bioetanol utiliza a biomassa
                    lignocelulósica, e as etapas de produção são feitas pela fabricação do álcool etílico,
                    adicionando os processos de pré-tratamento, hidrólise e fermentação das pentoses. Na etapa
                    de hidrólise ocorre a geração do licor de glicose, o qual é encaminhado para o processo de
                    concentração do caldo, onde ocorre a evaporação da água do caldo e o esfriamento do caldo
                    em dois trocadores de calor. O presente trabalho tem o objetivo de mostrar, através de uma
                    revisão bibliográfica, os processos de produção do etanol de primeira e segunda geração, e
                    através de análises comparativas, apontar as principais diferenças e quais as vantagens da
                    utilização do etanol de segunda geração, quando comparado com o etanol de primeira
                    geração. Dentre as vantagens do etanol de segunda geração, destaca-se o aumento da
                    produção de etanol, sem aumentar a área plantada de cana-de-açucar, aumentando a
                    eficiência geral, o desenvolvimento tecnológico e a renda do trabalhador, e diminuindo os
                    impactos ambientais. Um ponto negativo ainda é o custo maior na produção, comparado ao
                    etanol de primeira geração, que impede a comercialização em grande escala.

                    Palavras-chave: Etanol, Etanol de segunda geração, Comparação, Viabilidade.
                    Download
                    INICIATIVAS CIRCULARES PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: CONTRIBUIÇÃO DAS EMPRESAS B BRASILEIRAS
                    Curso Mestrado em Eficiência Energética e Sustentabilidade
                    Tipo Trabalho de Conclusão de Curso
                    Data 05/09/2023
                    Área ENGENHARIA CIVIL
                    Orientador(es)
                    • Adriane Angelica Farias Santos Lopes de Queiroz
                    Coorientador(es)
                    • Susana Carla Farias Pereira
                    Orientando(s)
                    • Julia Moretti
                    Banca
                    • Adriane Angelica Farias Santos Lopes de Queiroz
                    • Ana Paula da Silva Milani
                    • Fabricia Gladys Fernandes da Silva Rossato
                    • Rosamaria Cox Moura Leite Padgett
                    • Simone Sehnem
                    Resumo Diante do atual crescimento populacional no Ambiente Construído (AC) e grande impacto ambiental das construções com a abordagem de negócio econômico-industrial linear, de extração-consumo-descarte de recursos, o presente trabalho analisa as iniciativas das empresas brasileiras do Sistema B e como elas estão contribuindo para a circularidade, aplicação da Economia Circular (EC), no AC. Para isso, o trabalho foi estruturado no formato de dois artigos. O primeiro artigo (Capítulo 2 do trabalho), refere-se a uma Revisão Sistemática de Literatura (RSL), com 57 artigos, a fim de avançar no entendimento sobre como o AC pode operacionalizar a transição para a circularidade. Por meio desse estudo, identificou-se o estado da arte da EC no AC, os direcionamentos de pesquisa e quais são as práticas circulares aplicadas no AC através de um framework proposto como resultado de estudo. Com base nos resultados, o direcionamento de estudo sugere abordar os tópicos: uso de tecnologias participativas, estudos interdisciplinares, com foco nas dimensões comportamental e social, e iniciativas top-down e bottom-up para promover o avanço da EC no AC. O segundo artigo (Capítulo 3 do trabalho), utiliza o framework proposto no primeiro artigo para realizar um estudo de caso múltiplo com 3 empresas B brasileiras. Como resultado, as 3 empresas relatam que as iniciativas circulares fazem parte da sua estratégia organizacional, e observa-se que as motivações, barreiras e facilitadores de implementação dessas iniciativas variam de acordo com o porte, segmento e localidade da empresa, porém, existe um indicativo em comum: o aspecto comportamental das pessoas. As empresas relatam benefícios econômicos experienciados pela adoção da sustentabilidade, esses benefícios estimulam não somente a perpetuação da sustentabilidade de suas operações, mas também da sua rede de fornecedores, auxiliando na transição para a circularidade.
                    Download
                    DESIGN, COMPORTAMENTO E SUSTENTABILIDADE: CONSIDERAÇÕES SOBRE PROCESSOS CRIATIVOS DE PROJETO DE ARQUITETURA
                    Curso Mestrado em Eficiência Energética e Sustentabilidade
                    Tipo Trabalho de Conclusão de Curso
                    Data 05/09/2023
                    Área ENGENHARIA CIVIL
                    Orientador(es)
                    • Andrea Naguissa Yuba
                    Coorientador(es)
                    • Gilfranco Medeiros Alves
                    Orientando(s)
                    • Rodrigo Anderson Makert
                    Banca
                    • Ana Paula da Silva Milani
                    • Andrea Naguissa Yuba
                    • Gleice Virginia Medeiros de Azambuja Elali
                    • Juliana Couto Trujillo
                    • Mayara Dias de Souza
                    Resumo
                    Download
                      ANÁLISE DE ENVOLTÓRIA EM HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL PELO MÉTODO SIMPLIFICADO DA INI-R.
                      Curso Mestrado em Eficiência Energética e Sustentabilidade
                      Tipo Trabalho de Conclusão de Curso
                      Data 04/09/2023
                      Área ENGENHARIA CIVIL
                      Orientador(es)
                      • Frederico Silva Moreira
                      Coorientador(es)
                        Orientando(s)
                        • Willian Zimi Ortega Padilha
                        Banca
                        • Andrea Teresa Riccio Barbosa
                        • Arthur Santos Silva
                        • Ary Rodrigues Alves Netto
                        • Frederico Silva Moreira
                        • Jair de Jesus Fiorentino
                        Resumo Após um período marcado pela falta de investimento significativo na habitação
                        pública, o Brasil testemunhou um processo de revitalização do setor, que ganhou
                        impulso com o Programa de Aceleração do Desenvolvimento (PAC) e, posteriormente,
                        o Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV). Muito embora o lançamento do
                        PMCMV tenha coincidido com um cenário global de crise financeira, sua capacidade
                        de manter os investimentos no setor da construção civil é digna de destaque, no
                        entanto, é crucial avaliar sua eficácia em relação às necessidades habitacionais em
                        constante evolução. Nesse contexto, este trabalho concentra-se na análise de
                        envoltória por meio do método simplificado da INI-R em um bloco específico de um
                        conjunto habitacional de Habitação de Interesse Social (HIS). A fase inicial do trabalho
                        envolveu o uso de software BIM para avaliar a irradiação solar na envoltória das
                        Unidades Habitacionais Autônomas (UHs) em um conjunto residencial localizado em
                        Campo Grande, Mato Grosso do Sul. O resultado dessa análise direcionou a seleção
                        de um bloco em particular, com base na maior irradiação solar registrada em suas
                        superfícies de fachada. Posteriormente, o bloco selecionado passou por uma
                        avaliação abrangente de desempenho térmico da envoltória, utilizando o método
                        simplificado da INI-R do PBE Edifica. Os resultados técnicos obtidos conduziram a
                        discussões substanciais que apontaram para um desempenho insatisfatório das
                        Unidades Habitacionais Autônomas (UHs) analisadas. Este estudo aborda questões
                        relacionadas ao desempenho térmico de edificações, assim como a importância da
                        arquitetura bioclimática como uma ferramenta crucial para conceber estratégias
                        visando aprimorar o conforto térmico em ambientes construídos. Além disso, revebera
                        a necessidade contínua de adaptação e melhoria dos programas de habitação de
                        interesse social no Brasil, a fim de atender às demandas habitacionais em constante
                        evolução e fornecer soluções habitacionais eficientes e que promovam o bem-estar e
                        a qualidade de vida da população.
                        Download
                        Avaliação de desempenho de usinas fotovoltaicas em instituição de ensino federal
                        Curso Mestrado em Eficiência Energética e Sustentabilidade
                        Tipo Trabalho de Conclusão de Curso
                        Data 04/09/2023
                        Área ENGENHARIA CIVIL
                        Orientador(es)
                        • Sandro Petry Laureano Leme
                        Coorientador(es)
                          Orientando(s)
                          • Hugo Henrique Caetano Pimenta
                          Banca
                          • Andrea Teresa Riccio Barbosa
                          • Frederico Silva Moreira
                          • Munir Mohamed Kassab
                          • MURILO MICENO FRIGO
                          • Sandro Petry Laureano Leme
                          Resumo
                          Download
                            IMPLEMENTAÇÃO DE AÇÕES DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA EM SISTEMA DE VAPOR DE UMA INDÚSTRIA FRIGORÍFICA
                            Curso Mestrado em Eficiência Energética e Sustentabilidade
                            Tipo Trabalho de Conclusão de Curso
                            Data 29/08/2023
                            Área ENGENHARIA CIVIL
                            Orientador(es)
                            • Andrea Teresa Riccio Barbosa
                            Coorientador(es)
                              Orientando(s)
                              • Benjamin Cunha do Amaral
                              Banca
                              • Andrea Teresa Riccio Barbosa
                              • Hilton James de Lima Nunes
                              • Mauro Conti Pereira
                              • Ramon Eduardo Pereira Silva
                              • Sandro Petry Laureano Leme
                              Resumo A descoberta em 1970 de que o petróleo não é um recurso inesgotável desencadeou a crise do
                              petróleo, levando a um aumento no preço e escassez do produto. Isso impulsionou discussões
                              sobre eficiência energética e conservação em nível global. O Brasil implementou programas de
                              incentivo à eficiência energética a partir da década de 1980. A pegada ecológica da humanidade
                              é monitorada pela National Footprint and Biocapacity Accounts (NFAs), que revela o dia de
                              sobrecarga da Terra, quando a demanda humana excede a capacidade de regeneração do
                              planeta. No setor industrial brasileiro, embora seja o maior consumidor de energia elétrica, não
                              houve um aumento significativo no consumo, indicando potencial de melhoria na gestão
                              energética. Houve queda na geração de energia a carvão, nuclear e gás natural, mas fontes como
                              energia solar, biomassa e eólica apresentaram crescimento. Empresas enfrentaram problemas
                              com matérias-primas e custos elevados durante a pandemia, resultando em impactos nas cadeias
                              produtivas. Ações específicas de melhoria em motores, bombas, compressores e processos são
                              implementadas para lidar com o aumento do consumo de energia industrial. Caldeiras na
                              indústria alimentícia usam muito combustível, tornando a eficiência energética importante para
                              reduzir gastos. A pesquisa busca otimizar o sistema de vapor, trazendo benefícios financeiros e
                              ambientais para as empresas. Foi realizado um estudo de caso para investigar a eficiência
                              energética do sistema de geração de vapor em um frigorífico de aves pesadas. Foram coletados
                              dados bibliográficos e de campo, incluindo medições de pressão, temperatura e consumo de
                              lenha. A pesquisa teve uma abordagem multidisciplinar e utilizou métodos quantitativos. O
                              objetivo era propor medidas para reduzir o consumo de vapor. A metodologia foi dividida em
                              seis fases, incluindo levantamento de dados, verificação do processo produtivo e obtenção de
                              indicadores. Foram definidas metas e implementadas ações de melhoria com base nos
                              resultados analisados. O estudo utilizou o Diagrama de Ishikawa para identificar as causas
                              raízes do problema. Os objetivos de analisar o consumo e propor ações de eficiência energética
                              no sistema de vapor de uma indústria frigorífica foram alcançados, gerando uma diminuição de
                              8,33% no indicador kgComb/t. O projeto demonstrou que é possível obter economia
                              considerável de combustíveis, trazendo vantagens ambientais e contribuindo para melhorar a
                              eficiência energética em indústrias que utilizam sistema de vapor.
                              Download
                              Investigação da probabilidade de ofuscamento considerando iluminação natural e artificial em ambientes de ensino
                              Curso Mestrado em Eficiência Energética e Sustentabilidade
                              Tipo Trabalho de Conclusão de Curso
                              Data 08/08/2023
                              Área ENGENHARIA CIVIL
                              Orientador(es)
                              • Arthur Santos Silva
                              Coorientador(es)
                                Orientando(s)
                                • Fernanda Nascimento Lima
                                Banca
                                • Ana Paula da Silva Milani
                                • Andrea Naguissa Yuba
                                • Arthur Santos Silva
                                • Helena Rodi Neumann
                                • Robert Schiaveto de Souza
                                • Sandro Petry Laureano Leme
                                Resumo Visando a análise otimizada dos níveis de desempenho da iluminação natural em ambientes de ensino, em que a iluminação exige atenção especial por estar relacionada com o processo de ensino-aprendizagem, este estudo investigou a ocorrência de ofuscamento no uso da iluminação natural e artificial em quatro ambientes de ensino universitários da rede pública federal de Campo Grande/MS, por meio de parâmetros de mensuração que foram empregados na caracterização quantitativa do comportamento da iluminação natural. Os edifícios apresentam fachadas com áreas envidraçadas sem proteção solar externa suficiente, o que resulta em problemas de conforto térmico e lumínico e, para evitar desconfortos, os usuários usam proteções solares internas, como persianas, o que limita o acesso à iluminação natural e a conexão com o exterior, qualidade ambiental e ocasional uso da ventilação natural. O acionamento dos sistemas de sombreamento e iluminação artificial foram avaliados por meio de registro fotográfico com relação ao ofuscamento, além de medições para determinar usuários e ambientes, nas condições que motivaram o acionamento (com sistemas de sombreamento abertos) e nas condições resultantes (com sistema de sombreamento totalmente fechados). Foram realizadas medições de iluminâncias e luminâncias, análise dos índices de ofuscamento sobre a área de trabalho dos estudantes, como probabilidade de ofuscamento em iluminação natural (DGP), índice de ofuscamento em iluminação natural (DGI) e razão de luminância alcançados por meio de imagens HDR, e tratamento de imagens nos programas Aftab Alpha e HDR Luminance. Os resultados apontaram o excesso de brilho externo como fator predominante na limitação do uso da iluminação natural e à vista do exterior, em razão do desconforto luminoso. Por essa razão os alunos têm preferência por usar os sistemas de sombreamento interno uma vez que o sombreamento externo não é suficiente para reduzir o brilho de céu no campo visual dos alunos, com reflexos nos monitores, brilho refletido no entorno e brilho e/ou calor em virtude da entrada de iluminação natural direta.

                                Palavras-chaves: ofuscamento, iluminação natural, ambientes de ensino, conforto lumínico.
                                Download
                                CONFORTO TÉRMICO EM EDIFICAÇÕES DE CLIMAS TROPICAIS SECOS ENSINO NA REGIÃO CENTRO-SUL DO BRASIL
                                Curso Mestrado em Eficiência Energética e Sustentabilidade
                                Tipo Trabalho de Conclusão de Curso
                                Data 18/07/2023
                                Área ENGENHARIA CIVIL
                                Orientador(es)
                                • Marcio Jose Sorgato
                                Coorientador(es)
                                  Orientando(s)
                                  • Pollyanna Meireles Cordeiro
                                  Banca
                                  • Ana Paula da Silva Milani
                                  • Arthur Santos Silva
                                  • Leandro Carlos Fernandes
                                  • Marcio Jose Sorgato
                                  • RENATA DE VECCHI
                                  Resumo Esta pesquisa teve como objetivo investigar a percepção, sensações e preferências térmicas e de velocidade do ar de estudantes universitários em edificações de climas tropicais secos nas estações climáticas do inverno e outono, nas cidades de Campo Grande e Naviraí no Mato Grosso do Sul na Região Centro-Oeste do Brasil. Foram realizadas medições de parâmetros físicos microclimáticos internos (temperatura do ar, temperatura de globo, velocidade do ar e umidade relativa) e coletados dados externos (umidade relativa e temperatura do ar), concomitante à coleta de informações sobre os espaços fornecidas por seus usuários durante as aulas utilizando questionários eletrônicos. Foram obtidos 1.587 votos de avaliação térmica, e da velocidade do ar, além de informações sobre o uso de aparelhos de ar-condicionado e ventiladores na região analisada. Após coletados os dados foram tabulados e processados utilizando-se estatística descritiva. A temperatura média para o voto de conforto, calculada conforme modelo da ASHRAE 55 (2020), para Campo Grande foi de 23,4 °C e em Naviraí 22,4 °C. O desconforto térmico encontrado na amostra foi de 16,8%, sendo de 9,3% nos ambientes que operavam com climatização artificial e 22,5% nos ambientes que operavam sem o equipamento de ar-condicionado. Apesar do desconforto térmico relatado, a inaceitabilidade térmica encontrada foi de apenas 4,6%. Foi declarada suficiência da velocidade a uma velocidade média de 0,14 m/s. O PPD e o PMV não estimaram corretamente as sensações dos usuários. Os resultados encontrados auxiliam na compreensão e fornecem subsídios para o entendimento das questões relacionadas ao conforto térmico humano no Brasil.
                                  Download
                                  PROPOSTA DE METODOLOGIA PARA O ESTUDO DE DOSAGEM DO SOLO-CIMENTO AUTOADENSÁVEL
                                  Curso Mestrado em Eficiência Energética e Sustentabilidade
                                  Tipo Trabalho de Conclusão de Curso
                                  Data 05/07/2023
                                  Área ENGENHARIA CIVIL
                                  Orientador(es)
                                  • Ana Paula da Silva Milani
                                  Coorientador(es)
                                    Orientando(s)
                                    • Bruna Ramos de Souza Cruz
                                    Banca
                                    • Ana Paula da Silva Milani
                                    • Andrea Naguissa Yuba
                                    • Christian Souza Barboza
                                    • Daniel Anijar de Matos
                                    • Willy Alves de Oliveira Soler
                                    Resumo Diante da constante necessidade do desenvolvimento de novos sistemas construtivos que atendam, simultaneamente, aos requisitos de segurança, durabilidade, conforto térmico e valores acessíveis, o solo-cimento autoadensável (SCAA) apresenta-se como uma tecnologia promissora. Contudo, não há especificação técnica suficiente acerca desse material, o que torna necessário o aprofundamento do estudo sobre suas propriedades físicas, químicas e mecânicas. Diante disso, essa pesquisa teve por objetivo propor um método para a dosagem do SCAA para aplicação no sistema construtivo de parede monolítica de edificações. Para tanto, foram definidas as etapas necessárias para o fluxo do processo do estudo de dosagem do SCAA por meio de adaptação de métodos de dosagem para materiais cimentícios; e realizado o estudo do comportamento das misturas de solo + cimento + aditivo superplastificante + água nos estados fresco e endurecido para a formulação de diagramas que indiquem os teores de água, cimento e aditivo necessários para dosagem do SCAA. Os resultados culminaram na obtenção de uma equação de previsibilidade do comportamento mecânico do SCAA e um diagrama de dosagem que correlaciona o fator cimento:solo com a resistência à compressão axial. Estes, por sua vez, direcionaram para uma proposta de metodologia de dosagem focada na otimização da composição do SCAA versus desempenho mecânico requerido do material, cujos limites de aplicação são misturas com solo arenoso e/ou argiloso para construção de paredes monolíticas de edificações.
                                    Palavras-chave: parede monolítica, caracterização físico-mecânica, fluidez, aditivo superplastificante
                                    Download
                                    Interoperabilidade entre modelos BIM e Análises Energéticas: Desenvolvimento de ferramenta no Blender para integração de dados de modelos IFC com método simplificado de análise da INI-R
                                    Curso Mestrado em Eficiência Energética e Sustentabilidade
                                    Tipo Trabalho de Conclusão de Curso
                                    Data 29/06/2023
                                    Área ENGENHARIA CIVIL
                                    Orientador(es)
                                    • Mayara Dias de Souza
                                    Coorientador(es)
                                      Orientando(s)
                                      • Thiago Costa Godoi
                                      Banca
                                      • Alan Nóbrega Dantas de Araújo
                                      • Andrea Naguissa Yuba
                                      • Arthur Santos Silva
                                      • CARLOS ALEXANDRE DIAS
                                      • Juliano Veraldo da Costa Pita
                                      • Mayara Dias de Souza
                                      Resumo O avanço do desenvolvimento de tecnologias alinhadas com a modelagem da informação da construção (Building Information Modeling - BIM) tem permitido a criação de modelos de construção virtual com integração de dados multidisciplinares ao longo do ciclo de vida de um projeto. A interoperabilidade entre softwares BIM e ferramentas de análises energéticas ainda apresenta limitações, especialmente por estarem concentradas em fluxos de trabalho que envolvem softwares proprietários da mesma fabricante. Essa dependência representa uma barreira aos projetistas ao tentarem incorporar essas análises no desenvolvimento de um projeto. Diante disso, é necessário a exploração dos softwares open-source e formatos de arquivo de padrão aberto, como o Industry Foundation Class (IFC), para avançar em propostas de interoperabilidade entre modelos BIM e análises energéticas. A Instrução Normativa Inmetro para a Classificação de Eficiência Energética de Edificações Residenciais (INI-R) representa um eficaz e promissor método para a avaliação energética de construções residenciais. O objetivo desta pesquisa é desenvolver e explorar um fluxo de trabalho eficiente que permita a integração entre modelos IFC com o método simplificado da envoltória de análises energéticas da INI-R, obtendo assim os parâmetros de predição como resultado para uma percepção inicial do desempenho do projeto analisado. Para isso, foi desenvolvido um método para a integração de modelos BIM, por meio da elaboração de uma ferramenta no software Blender para o preenchimento e extração de dados relevantes do arquivo IFC e a organização desses dados na planilha Excel modelo da Interface Web da INI-R. Um estudo de caso foi realizado para a aplicação da ferramenta desenvolvida, utilizando arquivos IFC exportados dos softwares Autodesk Revit e Graphisoft ArchiCAD, evidenciando a viabilidade e eficácia da abordagem proposta. Para validar os resultados obtidos, realizou-se o preenchimento manual da planilha com a finalidade de comparar os resultados com o método de integração pela ferramenta desenvolvida. Os resultados comprovam a eficiência e viabilidade da integração de modelos IFC com o método simplificado de análise da INI-R. Essas análises realizadas nas etapas conceituais do projeto fornecem suporte aos projetistas, permitindo a especificação e exploração de alternativas de projeto em que as mudanças são menos dispendiosas, em comparação com estágios mais avançados do projeto executivo, construção ou da operação de uma edificação.
                                      Download
                                      AVALIAÇÃO DA CONFIGURAÇÃO DA ESTRUTURA CICLOVIÁRIA DE CAMPO GRANDE (MS)
                                      Curso Mestrado em Eficiência Energética e Sustentabilidade
                                      Tipo Trabalho de Conclusão de Curso
                                      Data 28/06/2023
                                      Área ENGENHARIA CIVIL
                                      Orientador(es)
                                      • Jose Carlos de Jesus Lopes
                                      Coorientador(es)
                                        Orientando(s)
                                        • Kamila de Aguiar Duarte
                                        Banca
                                        • Adriane Angelica Farias Santos Lopes de Queiroz
                                        • Alexandre Meira de Vasconcelos
                                        • Andrea Teresa Riccio Barbosa
                                        • Geraldino Carneiro de Araujo
                                        • Jose Carlos de Jesus Lopes
                                        • Marcelo Ribeiro Silva
                                        Resumo O crescente aumento populacional, nos centros urbanos, traz à tona alguns desafios aos gestores públicos e à sociedade, a exemplo da mobilidade urbana. Dados oficiais mostram que Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, tem enfrentado problemas no trânsito oriundos do excedente de veículos, potencialmente poluidores, trafegando na cidade. Nesse sentido, a ocasião de congestionamentos, poluição atmosférica e estresse urbano têm recolocado a bicicleta como uma alternativa de modal capaz de reduzir os danos do excesso do uso de veículos automotores nas cidades. A bicicleta, quando alinhada à integração sustentável e inteligente de infraestrutura cicloviária, pode atuar como um mecanismo facilitador do deslocamento, sendo uma modal de transporte saudável e mais acessível, além de contribuir com a mitigação das emergências climáticas. Sob tais perspectivas, questiona-se se a configuração atual da estrutura cicloviária construída, em Campo Grande (MS), atua como solução de mobilidade sustentável e inteligente. Assim, o objetivo geral deste estudo é avaliar a configuração da estrutura cicloviária da cidade de Campo Grande (MS). Especificamente busca-se: a) Realizar um levantamento da literatura sobre Cidades Sustentáveis e Inteligentes, bem como dos aportes legislativos e normativos, que dizem respeito ao uso da modal bicicleta, no Brasil; b) Avaliar a infraestrutura cicloviária, já implantada no perímetro urbano de Campo Grande (MS); c) Analisar pontos em potencial e fragilidades da estrutura cicloviária de Campo Grande (MS); d) Elaborar um Relatório Técnico-Conclusivo, com proposições para promover a mobilidade inteligente e sustentável em Campo Grande (MS). Para tanto, foi desenvolvido um estudo qualitativo, através de uma pesquisa exploratória, descritiva e aplicada, associada ao necessário levantamento bibliográfico e aplicação de um estudo de campo. Em seguida, aplicou-se o método comparativo, a partir das escalas IDECiclo e QualIClo, para viabilizar a qualificação dos parâmetros do Copenhagenize Index, que avaliam a qualidade e dimensionamento da infraestrutura, com a finalidade de promover o uso de bicicletas em cidades. A partir da análise em triangulação dos métodos aplicados na pesquisa, os resultados apresentaram uma estrutura cicloviária classificada como suficiente, porém com ressalvas no atendimento integral da mobilidade inteligente e sustentável, e, consequentemente, no alcance das metas contidas nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável.
                                        Download
                                        ANÁLISE TEÓRICA E EXPERIMENTAL DAS PRESSÕES HORIZONTAIS ATUANTES NA FÔRMA DO SISTEMA DE TAIPA DE PILÃO
                                        Curso Mestrado em Eficiência Energética e Sustentabilidade
                                        Tipo Trabalho de Conclusão de Curso
                                        Data 24/05/2023
                                        Área ENGENHARIA CIVIL
                                        Orientador(es)
                                        • Andrea Naguissa Yuba
                                        Coorientador(es)
                                        • Andres Batista Cheung
                                        Orientando(s)
                                        • Rafael Monteiro Mendonça
                                        Banca
                                        • Ana Paula da Silva Milani
                                        • Andrea Naguissa Yuba
                                        • Jose Alberto Ventura Couto
                                        • Jose Otavio Serrao Eleuterio
                                        • Márcio Vieira Hoffmann
                                        • Mayara Dias de Souza
                                        Resumo Taipa de pilão ou “taipa”, entre tantos sistemas construtivos disponíveis no mercado de construção de edifícios tem se tornado uma boa opção aos profissionais que desejam edificar com eficiência energética e sustentabilidade. Muitas publicações (normas, manuais, livros, artigos e teses), estabelecem critérios mínimos para execução, desde a escolha do solo, preparação da mistura até a opção ao tipo da fôrma, mas não é clara a informação de como são dimensionadas tais fôrmas, estando oculta ou mesmo desconhecida as pressões horizontais atuantes, principalmente as pressões ocasionadas pelo efeito da compactação da mistura. Para preencher esta lacuna, foi realizada análise teórica e experimental, partindo da analogia dos esforços horizontais atuantes sobre a fôrma de taipa, com teorias para muros de contenção, fôrmas para parede de concreto, e pressões atuantes em silos. Foram realizados dois ensaios e um teste com um molde indeformável e sensores para obtenção de dados de pressão horizontais atuantes no processo de execução da parede de taipa. Foi possível determinar a ordem de grandeza das pressões horizontais, a influência significativa do compactador, a altura de mistura já compactada a partir da qual o compactador já não causa mais influência na fôrma tendo apenas incremento das pressões verticais, possíveis movimentações/deformações da fôrma, relação entre pressão horizontal e pressão vertical de um determinado ponto a uma profundidade qualquer abaixo da superfície de impacto do compactador. Conclui-se que a metodologia proposta para aferição das pressões horizontais é promissora e singular para o equacionamento do problema, além de delinear um escopo para aferições com equipamentos de diferentes pesos e frequências, através da aplicação da teoria de silos de Janssen, o que permite a realização de ensaios futuros, semelhantes, para efeito de comparação e que através desta metodologia as hipóteses levantadas ao longo da revisão bibliográfica são plausíveis.
                                        Download
                                        Página 1 de 7 (20 de 121 registros).